Aposentadoria por tempo de contribuição


A aposentadoria por tempo de contribuição é direito do trabalhador que completar 30 anos de trabalho com contribuição, portanto, é preciso comprovar que o homem teve o total de 35 anos de contribuição, e 30 anos de contribuição, se mulher.

Regra geral (tempo de contribuição completo)

  • 35 anos de contribuição (homem).
  • 30 anos de contribuição (mulher).
  • 180 meses efetivamente trabalhados, para efeito de carência.

Regra transitória (tempo de contribuição proporcional)

  • Idade mínima de 48 anos (mulher) e 53 anos (homem).
  • Tempo total de contribuição.
  • 25 anos de contribuição + adicional (mulher).
  • 30 anos de contribuição + adicional (homem).
  • 180 meses trabalhados para efeito de carência.

Regras da Fórmula 85/95 para aposentadoria

Ao aposentar o segurado terá que fazer o cálculo levando em consideração o número de pontos alcançados somando a idade e o tempo de contribuição do segurado da Regra 85/95 Progressiva.

Com os pontos alcançados será possível ter o benefício integral, sem aplicar o fator previdenciário. Através desta progressiva é possível chegar aos pontos para obter a aposentadoria conforme a expectativa.

aposentadoria

Diante disso, até dezembro 2016 para aposentar com tempo de contribuição sem incidência do fator, o segurado terá de somar 85 pontos, se mulher, e 95 pontos, se homem. Já em 2017 será utilizado o fator previdenciário, a soma da idade e do tempo de contribuição terá de ser 86, se mulher, e 96, se homem, sendo assim, isto foi escalado até 2022 quando a soma para as mulheres deve chegar em 90 pontos e 100 para os homens.

De qualquer forma é preciso frisar que para ter direito à aposentadoria por tempo de contribuição, os segurados da Previdência Social precisam ter 30 anos de contribuição, no caso das mulheres, e 35 anos, no caso dos homens, pois esta regra é somente uma opção de cálculo, que permite afastar a aplicação do Fator Previdenciário. Diante disso, caso ela deseja aposentar antes de completar a soma dos pontos, ela poderá, mas deve haver aplicação do fator previdenciário e como consequência redução no valor do benefício.

Documentos necessários

Deve apresentar um documento de identificação com foto e o número do CPF. Documentos relacionados aos períodos trabalhados, tais como Carteira de Trabalho, Carnês de Contribuição.

Dúvidas

Em caso de dúvidas, ligue para a Central de Atendimento do INSS pelo telefone 135. O serviço está disponível de segunda a sábado das 7h às 22h (horário de Brasília). O atendimento da Previdência Social é simples, gratuito e dispensa intermediários.


COMENTÁRIOS: